(041) 3014-0250 / 3076-4972 contato@muratron.com.br
Select Page

Um utensílio que facilita muito a nossa vida nos dias de hoje é o aspirador de pó: com sua funcionalidade, ele deixa o trabalho de limpar nossa casa de sujeiras pequenas e, como o nome já indica, do pó, muito mais rápido e prático.

Mas mesmo com toda a praticidade que vem junto desse eletroportátil, são necessários alguns cuidados com sua forma de uso e com a troca de seus filtros.

Neste post, abordaremos estes dois temas e tentaremos explicar algumas das características de funcionamento dos aspiradores de pó.

Como funciona?

De forma simplificada, o aspirador de pó possui um ventilador que suga o ar para dentro do aparelho, puxando toda a sujeira para seus filtros e sacos de limpeza.

Todo esse processo causa a limpeza que conhecemos, e por seu poder de sucção o aparelho é o mais recomendável na hora de escolher entre o seu uso e o da vassoura ou espanador. Esses outros utensílios fazem com que as partículas de poeira de tamanho menor se espalhem pelo ar, deixando o ambiente menos limpo – algo evitado com a utilização do aspirador de pó.

Filtros HEPA

Essa limpeza que já é mais higiênica pode ficar ainda mais eficiente com o uso dos filtros chamados HEPA.

Mas qual a diferença desses filtros para os comuns?

Os filtros HEPA (sigla em inglês para High Efficiency Particulate Air, Partículas de Ar de Alta Eficiência em tradução livre) têm como principal diferença a forma de disposição das suas fibras – que, ao contrário do que acontece nos filtros comuns, estão em um emaranhado aleatório, diminuindo assim o espaço entre cada uma delas e aumentando a área de contato para a sujeira se instalar dentro do filtro.

Outra vantagem de utilizar os filtros HEPA é que eles ajudam a manter o ar mais puro do que os demais, já que seu material segura mais pó e sujeira. Seu uso é indicado para quem sofre com alergias respiratórias.

Como trocar os filtros de seu aspirador de pó

Cada modelo de aspirador tem uma forma de disposição de filtros, seja ele empregado de forma independente ou associado a um saco para sujeira, mas é necessário prestar atenção às necessidades de troca.

No caso de filtros comuns, é importante que a reposição seja feita quando o filtro ou o saco estiverem cheios de dejetos. É de extrema importância que os componentes desse tipo não sejam lavados, pois isso pode fazer com que percam sua capacidade de limpeza. O tempo estimado para efetuar essa troca é anualmente.

Já com o uso do filtro HEPA e nos casos em que o aspirador não possuir saco para sujeira, é recomendado que a troca seja realizada com um uso equivalente ao de 10 sacos de sujeira, garantindo assim um ar sempre limpo e sem partículas prejudiciais à sua saúde.

E aí? Já viu qual o tipo do seu aspirador de pó? Caso não tenha – já escolheu o seu? De qualquer forma, esperamos que as informações deste texto tenham ajudado nas suas dúvidas sobre este eletroeletrônico.

Caso você já tenha um aspirador e precise comprar um novo filtro, acesse nosso site e confira todos os modelos disponíveis!