(041) 3014-0250 / 3076-4972 contato@muratron.com.br
Select Page

Todos nós que já usamos algum tipo de aparelho de áudio sofremos com algum tipo de interferência pelo menos uma vez, desde um chiado até a captação de frequências de rádio.

Na maioria dos casos, felizmente, esse tipo de problema é simples de resolver, e o primeiro passo a tomar é identificar qual forma de interferência é sofrida e em qual componente se encontra a anomalia.

Outra ótima notícia é que esses transtornos raramente acontecem no dispositivo em si, mas sim por questões que envolvem a transmissão de áudio. Neste texto, vamos abordar quais são os tipos de interferência mais comuns e algumas maneiras de resolvê-los.

Zumbidos e chiados

Esse é o problema mais simples de ser identificado e resolvido.

A interferência pode ser corrigida de duas formas diferentes; assim, o indicado é testar uma de cada vez para ver qual delas devolve o resultado mais satisfatório.

A primeira coisa a se fazer é afastar o cabo de áudio do cabo de energia. A proximidade desses dois fios pode gerar o barulho que sai dos alto-falantes. Uma ótima forma de solucionar ou prevenir esse problema é utilizar cabos balanceados: eles possuem três tipos de conectores, sendo um deles dedicado à tarefa de aterramento – o que nos leva ao próximo item da nossa publicação.

Outra razão comum para esse tipo de ruído é o mau aterramento da corrente elétrica. O modo mais comum de uma interferência por meio de um loop de energia acontecer é a interconexão de aparelhos plugados em tomadas diferentes através de cabos dos tipos USB ou HDMI.

Resolver essa irregularidade é muito simples: recomenda-se a conexão desses aparelhos em uma única tomada com o uso de um filtro de linha, garantindo a entrada de energia por uma única via que, em grande parte das vezes, possui aterramento elétrico.

Frequências de rádio

Diferente do problema anterior, podemos resolver esse tipo de interferência de maneira menos complicada, mas certos casos exigem um esforço a mais de você para tudo voltar ao normal.

Mas como ela ocorre?

A principal causa para a irregularidade é a proximidade do emissor do sinal de rádio em relação ao seu aparelho. A distância mais recorrente nesse tipo de problema é de em torno de 3 quilômetros.

Não podemos, porém, culpar o emissor; temos que resolver a questão em nossos próprios equipamentos.

Nesse caso é possível que algumas ações resolvam tal interferência, sendo elas:

  • Diminuição do comprimento do cabo;
  • Afastar equipamentos;
  • Trocar filtro de linha;
  • Blindar cabos;
  • Instalar capacitores;
  • Aterrar o sistema.

É claro, ao observar essa lista, podemos ver que os três primeiros itens oferecem soluções muito mais fáceis de serem alcançadas do que as demais. Mas, para que o problema seja resolvido, é necessário testar todas as opções acima, para detectar qual a melhor atitude a ser tomada.

As últimas medidas citadas podem ser requeridas devido à fiação e ao lugar onde você se encontra, tornando sua realização mais complicada justamente pela quantidade de trabalho elétrico especializado que elas envolvem.

Esclarecemos a sua dúvida? Agora você já sabe que medidas tomar para evitar e contornar as interferências de áudio nos aparelhos. Confira em nosso site tudo o que você precisa para prevenir e solucionar o eventual mau funcionamento dos seus dispositivos!